Início > Honda > Nova versão da Fan traz motor de 150 cm³ e injeção eletrônica

Nova versão da Fan traz motor de 150 cm³ e injeção eletrônica

Usuários têm mais uma opção resistente e prática para locomoção e trabalho no dia a dia das cidades

A CG 150 Fan ESi promete ser sucesso em vendas. Não é para menos: a nova motocicleta reúne motor de 150 cm3 alimentado por sistema de injeção eletrônica de combustível PGM-FI, partida elétrica e design robusto que a tornam perfeita para uso diário, como meio de locomoção ou instrumento de trabalho. A própria sigla “ESi” ressalta duas destas características principais: a presença da partida elétrica (ES) e da injeção eletrônica (i). O modelo foi desenvolvido de olho em um público que deseja uma motocicleta mais potente que a CG 125 Fan, mas não quer abrir mão de robustez visual.

Desde a apresentação da primeira geração da Fan, em 2005, o modelo agradou o público brasileiro por ser básico e reunir todos os atributos essenciais a um veículo voltado para o cotidiano, atuando como porta de entrada para o mundo das duas rodas. Em cinco anos, foram nada menos que 1.285.824 unidades comercializadas em todo o país.

Mais força para o dia a dia

A CG 150 Fan ESi apresenta motor OHC (Over Head Camshaft), monocilíndrico, quatro tempos, de 149,2 cm3, arrefecido a ar, com comando de válvulas no cabeçote e balancins roletados. Resistente, durável e confiável, já foi aprovado pelo consumidor brasileiro.

O aumento da capacidade cúbica de 124,7 cm3 para 149,2 cm3 resultou em um ganho significativo de desempenho. O torque máximo passou de 1,06 kgf.m a 6.000 rpm para 1,32 kgf.m a 7.000 rpm, enquanto a potência máxima foi de 11,6 cv a 8.250 rpm para 14,2 cv a 8.500 rpm. Uma vez que esses valores máximos são atingidos em faixas de rotação mais elevadas, o motor da nova motocicleta ganhou em elasticidade – apresentando mais fôlego em alto giro e gerando maior torque e potência em baixas rotações.

O motor é alimentado por sistema de injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection), que gera respostas mais imediatas ao comando do acelerador, em qualquer situação de uso, e resulta em acelerações mais progressivas e lineares. A tecnologia, aliada ao catalisador e ao sensor de oxigênio instalados no sistema de exaustão da motocicleta, faz com que ela atenda à terceira fase do Promot (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares), em níveis bem abaixo dos limites estabelecidos pela legislação.

A Fan ESi traz ainda transmissão de cinco velocidades e embreagem multidisco em banho de óleo, que oferece acionamento preciso e macio. Completam o conjunto partida elétrica e bateria selada, de maior vida útil e isenta de manutenção.

Por Fabio Weslley

Anúncios
Categorias:Honda Tags:, , , ,
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: