Início > 250cc, kasinski > Kasinski Mirage 250 é eleita a melhor compra da categoria

Kasinski Mirage 250 é eleita a melhor compra da categoria

A Kasinski Mirage 250 é eleita pela segunda vez a melhor motocicleta modelo custom da categoria até 250 cm³ de cilindrada.

Em menos de três meses, dois dos principais veículos de comunicação do setor das Duas Rodas nacional elegeram a Kasinski Mirage 250 a melhor da categoria.

O modelo 2010 da Kasinski se destacou nos mais diversos quesitos. Na edição de janeiro da Revista 4Rodas Moto (Editora Abril), a Kasinski Mirage 250 foi eleita a melhor opção de compra em uma análise realizada entre os modelos custom de 151 a 300 cm³ de cilindrada disponíveis no mercado. A moto obteve as melhores notas dentro dos seguintes parâmetros:

  • Peças de reposição
  • Valor do seguro
  • Desvalorização
  • Número de concessionárias
  • Preço ao consumidor

A melhor custom até 300 cm³ de cilindrada

No mês de outubro de 2009, a Kasinski Mirage 250 passou por uma bateria de testes ao lado das mais diversas marcas disponíveis no mercado. Avaliada por dez dos principais jornalistas especializados em Duas Rodas do País, a Kasinski Mirage 250 conquistou o título de “melhor motocicleta custom até 300 cm³ de cilindrada” do Brasil.

Os itens avaliados foram:

  • Estilo
  • Motor
  • Suspensão
  • Conforto
  • Freio
  • Maneabilidade

Mirage 250: uma custom de alta tecnologia e eficiência

A versão 2010 da Kasinski Mirage 250 foi apresentada ao mercado no mês de agosto do ano passado. Em poucos meses destacou-se como uma das motocicletas que oferecem melhor custo-benefício da categoria. O modelo 2010 ganhou mais tecnologia com a incorporação da injeção eletrônica “closed loop”, que garante maior eficiência na queima do combustível e com isso um controle mais rígido de emissão de poluentes. Isto sem contar a significativa economia de combustível.

A Kasinski Mirage 250 ganhou em performance, tornando a moto ainda mais ágil, com respostas mais rápidas do motor. A perfeita distribuição do combustível reforça a suavidade do funcionamento da máquina como um todo.

O clássico motor em “V” de 2 cilindros confere superioridade ao modelo. O propulsor da Kasinski Mirage 250 é o conhecido V2 250 cc com quatro válvulas por cilindro, duplo comando no cabeçote, com uma das maiores potências específicas da categoria.

O novo modelo ganhou também acendimento automático dos faróis, lampejador e luz de emergência. O sistema elétrico foi redimensionado com bateria de 12 amperes.

Outras novidades em destaque ficam por conta do novo formato de guidão (maior robustez ao produto, além de conforto, leveza e melhor dirigibilidade ao pilotar), câmbio com engates mais precisos e macios, e nova suspensão dianteira mais longa. O visual, no melhor estilo estradeira, foi valorizado com a adoção de novos emblemas em 3D cromados, novos grafismos em duas cores (DUAL-TONE em tecnologia WATER DECALL), e exclusivo escape 2 em 1 em aço inoxidável anti-ferrugem, compondo um conjunto harmonioso e muito mais durável.

A Kasinski Mirage 250 também ganhou novas laterais com entradas de ar e novas pedaleiras posicionadas para permitir uma pilotagem mais “estradeira”.  A nova posição do tanque de combustível, agora mais alto, ampliou o porte da moto. Outras novidades são o novo farol de 55 watts e os novos piscas fumê.

O modelo 2010 da Kasinski Mirage 250 atende às exigências do Promot 3.

Disponível em três opções de cores: preta; preta e vermelha; preta e prata

Preço promocional*: R$ 13.400,00

Por Fabio Weslley

Anúncios
  1. 13/05/2011 às 17:14

    Sou proprietário de uma Mirage 250 da Kasinski que está na garantia e parou de funcionar de uma hora para a outra. A revenda de São José dos Campos (Motoroute) foi descadastrada pela fábrica, ou seja, não tenho como ser atendido onde comprei a moto e não tenho também como levá-la para outro local pois a mesma não dá a partida. Os mecânicos da Motoroute já detectaram o problema mas não podem fazer nada.

    Entrei em contato com o 0800 da Kasinski que me indicou para revenda de Suzano (80km de São José). Liguei lá há três dias e o carro que eles teriam para buscar a moto não pode sair de lá para vir até aqui. Soube disso depois de várias tentativas de contato com o Sr. Antonio, responsável pelo setor de peças da revenda. Abri uma ocorrência pelo SAK ontem por e-mail. Hoje pela manhã, uma funcionária chamada Débora me ligou abrindo um protocolo. Agora há pouco ela me ligou novamente, e para minha surpresa não era para me dar uma resposta sobre meu problema, mas porque ela não se lembrava que tinha me ligado de manhã.

    Queria saber o seguinte? Posso acreditar na Kasinski?

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: