Início > Acelera Mente, Fale Conosco, motos > Nova Fazer 800 chega cara para brigar com Kawasaki na Europa

Nova Fazer 800 chega cara para brigar com Kawasaki na Europa

 

A Yamaha anunciou ontem na Europa os preços das novas Fazer 800 naked e semi-carenada. Jornalistas da imprensa local publicaram notas afirmando que não esperavam uma moto tão cara quando a marca confirmou os preços de 7.799 e 8.799 libras no Reino Unido, 30% maior que o da Kawasaki Z750, também vendida no Brasil. Aqui, essa mesma diferença de preço significaria R$ 44,1 mil pela naked, contra R$ 33,9 mil da Kawasaki. Os jornalistas ingleses lembraram que esse posicionamento distancia a moto da concorrência não apenas com a Z 750, mas com a Triumph Street Triple, que é ligeiramente mais cara que a Kawasaki (R$ 35,9 mil, no Brasil). O porta-voz da Yamaha explicou que “o preço foi fixado entre a XJ6 e a FZ1”. Segundo a subsidiária brasileira, ainda não há previsão de importação da FZ8 para o País.

Conheça a moto
O slogan criado para a nova 800 foi “Beleza bruta”, uma referência à força da moto em baixas rotações. Sem dúvida o motor é a principal novidade, uma vez que o design segue o que já existia nas XJ6 e FZ1. Com a tradicional configuração de quatro cilindros em linha e 16 válvulas, possui 779 cc, desenvolve 106 cv a 10.000 rpm e 8,4 kgf.m a 8.000 rpm. A FZ6 desenvolvia 98 cv a 12.000 rpm e 6,44 kgf.m a 10.000 rpm, o que deixa clara a prioridade dada principalmente ao torque e ao desempenho em baixos e médios regimes. A FZ8 conta também com quadro de alumínio, já presente na FZ6, e upgrades em freios e suspensões em relação à 600. Os freios passam a ter discos de 310 mm na dianteira e 267 mm na traseira (298 mm e 245 mm na FZ6), enquanto o garfo de suspensão é invertido com 43 mm de diâmetro. A nova Yamaha é, portanto, uma moto tecnicamente compatível com a Kawasaki Z 750, exceto pelo quadro de alumínio, o que parece não justificar a diferença de preço de 30% imposta pelos japoneses – motor, câmbio, suspensões, freios, capacidade de tanque e peso são semelhantes.

Por Revista Duas Rodas

Editado Por Fabio Weslley

Equipe Acelera Mente  

Anúncios
  1. Fabio Weslley
    13/04/2010 às 23:44

    Essa moto é fera 😀

  2. Daniele duarte
    14/04/2010 às 16:06

    simplismente PERFEITA!!beleza bruta

  3. binho2010
    19/11/2010 às 20:51

    só compro se for o preço da z 750

  4. alexsandro candido
    12/09/2011 às 23:44

    sou fanzao da yamaha vcs estao de parabens coloka honda
    no bolso todas as concorentes obrigado por existi

  5. Jonathan H
    18/02/2012 às 21:39

    44.000 eu junto mias e compra uma haybusa 1300 ,moto, em série, mais rápida do mundo.

  6. Bruno
    06/04/2012 às 12:43

    Pessoal fala de hayabusa.. moto totalmente diferente, estilo diferente! Gasta muito, fontes me dizem que faz cerca de 10 km/l .. 12km/l … moto nojenta, não faz curva, muito feia e sem graça demais! Fazer 800 muito mais ágil, bonita e tem potência suficiente para todos os gostos, seja no arranque, seja de final. Estamos no Brasil amigo…

  7. eduardo
    11/10/2012 às 14:15

    Do que adianta ser bruta, linda se não vem pra cá…. Que mantivessem pelo menos aqui a FZ600 ao invés desse lixo da xj6.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: