Archive

Archive for the ‘Suzuki’ Category

MV Agusta F3 Serie Oro e F4 RR Corsa Corta serão vendidas no Brasil

Os grandes destaques da MV Agusta no Salão de Milão (ITA), EICMA 2011, foram a esportiva F3 e a naked Brutale 675, ambas equipadas com motores de três cilindros em linha com 675 cc de capacidade cúbica. Mas nos bastidores da maior feira de motocicletas do mundo a marca de Varese e a brasileira Dafra anunciaram que a F3 Serie Oro e a F4 RR Corsa Corta serão importadas com preços de R$ 170 mil e R$ 150 mil, respectivamente. Ou seja, peças de colecionadores.

A F3 Serie Oro é limitada a 200 unidades

“Inicialmente começaríamos as importações apenas da Serie Oro, já que tínhamos alguns clientes brasileiros nos procurando para adquirir a motocicleta. Mas, também recebemos pedidos de interessados na F4 RR Corsa Corta. Por isso, decidimos comercializar ambos os modelos”, explica Marcus Vinícius S. Santos, gerente da MV Agusta Brasil, dizendo que os  modelos chegam ao país em fevereiro de 2012 em edições limitadas.

Com edição limitada em 200 unidades, a esportiva F3 Serie Oro está equipada com motor três cilindros de 675cc de capacidade pública, além de peças em fibra de carbono, suspensão e amortecedor de direção Öhlins, pinças dianteiras em monobloco, pedaleiras do piloto ajustáveis, banco em couro e placa de identificação em ouro, constando o número de série da motocicleta. Além disso, o novo proprietário da F3 Serie Oro recebe um kit especial, que remete aos três pistões do motor que a equipa, contendo a chave e o certificado de autenticidade. Preço: R$ 170 mil.

O certificado do proprietário da F3 Serie Oro foi inspirado no motor tricilíndrico que a equipa

Já a versão da supersportiva F4, a RR Corsa Corta conta com propulsor de quatro cilindros em linha, 16 válvulas e 998 cm3 de capacidade cúbica, que gera 201 cv a 13.400 rpm potência máxima de. Com esse desempenho, a F4 RR Corsa Corta é uma das poucas motocicletas do mundo a contar com um motor de mais 200 cv. O preço sugerido será de R$ 150 mil

Por Fabio Marquiseli

Editado Acelera Mente

Materia UOL Motos 

Acessem http://www.seligaregiao.com.br 

 

Nova tabela de preços Suzuki Motos

A J Toledo Suzuki Motos do Brasil divulga a nova tabela de preços sugeridos para sua linha de motocicletas nacionais. Os preços não incluem despesas com frete. Mais informações sobre as motocicletas Suzuki e a rede de concessionárias podem ser obtidas no site www.suzukimotos.com.br.

Linha de motocicletas nacionais:

MODELO PREÇO
GSX1300 B-KING R$ 52.900,00
GSX1300R R$ 61.200,00
GSX-R1000 R$ 61.200,00
GSX-R750 R$ 54.672,00
GSX650F R$ 31.900,00
BANDIT 1250S R$ 32.900,00
BANDIT 1250 R$ 31.900,00
BANDIT 650S R$ 30.500,00
BANDIT 650 R$ 28.900,00
BOULEVARD C1500 R$ 35.900,00
BOULEVARD M800 R$ 32.900,00
BOULEVARD M800Z R$ 33.900,00
DL650 V-STROM R$ 34.594,00
GS500E R$ 19.950,00
BURGMAN 650 EXECUTIVE R$ 39.900,00
BURGMAN 400 R$ 26.900,00
DR-Z400E R$ 19.900,00
YES125ED R$ 5.758,00
AN125 BURGMAN R$ 5.990,00
INTRUDER 125ED R$ 5.375,00

Por Motokando

Editado Por Fabio Weslley

 

Suzuki começa a vender a GSX 1250F, carenada baseada na Bandit 1250

A novidade, que pode chegar ao Brasil na linha 2011, usa a base mecânica da Bandit 1250 – assim como nossa conhecida GSX 650F usa a da Bandit 650. É uma versão com carenagem integral projetada para uso rodoviário e design inspirado na linha de esportivas GSX-R, mas sem abrir mão do conforto. O sistema de freios ABS vem de série e, na versão completa Traveller, há um bauleto e duas malas laterais que somam 104 litros de espaço para bagagem.

Fora a proteção aerodinâmica mais eficiente, o design mais inspirado e novos itens de série, mecanicamente a moto é uma Bandit. O motor permanece o quatro cilindros em linha que desenvolve 98 cv a 7.500 rpm e 11 kgf.m a 3.700 rpm, ou seja, que prioriza a disponibilidade de torque e potência em baixas e médias rotações. Tecnicamente, a única modificação é o acréscimo de 6 kg em relação à Bandit naked, somando 257 kg.

Por enquanto, a GSX 1250F é vendida apenas nas cores preta e cinza, por 9.950 euros. No Brasil, se mantida a diferença de preço em relação à Bandit 1250, o preço seria de cerca de R$ 45 mil. A exemplo da nova GSX-F, a Suzuki está ampliando a presença dos freio ABS na linha, que também está disponível na Bandit 1250 e V-Strom 650, o que em breve deverá chegar também ao Brasil.

Por Portal UOL

Editado Por Italo Luna

Burgman movido a hidrogênio deve ser produzido em série em 2015

 Divulgação

Na próxima década, a União Europeia tem como meta cortar a emissão de gás carbônico para um quinto da quantidade emitida em 1990. Mas as ações já se iniciaram agora em 2010: o principal alvo dos dirigentes do bloco de 27 países é começar a redução dos poluentes nos meios de transporte. De olho nessa oportunidade, a Suzuki Motor Corporation em parceria com a Intelligent Energy, empresa inglesa que produz energias limpas, anunciou recentemente o lançamento do Suzuki Burgman Fuel Cell.

O scooter movido a célula de hidrogênio vai começar a ser testado nas ruas da pequena cidade de Loughborough nas próximas semanas, e deve rodar em Londres até o final deste ano

A tecnologia que movimenta o novo Burgman “limpo” é a mesma apresentada no protótipo Suzuki Crosscage há mais de dois anos, no Salão de Tóquio. Ela é alimentada por um cilindro de hidrogênio, que reage com oxigênio produzindo eletricidade e água. Uma bateria de íon lítio e a célula de combustível fornecem a energia necessária para que o scooter rode cerca de 350 km, segundo a Suzuki. Ou seja, praticamente a mesma autonomia de um Burgman 400cc movido a gasolina com a grande vantagem de que o único gás emitido pelo escapamento é vapor de água.

Diferentemente de outros veículos movidos a célula de combustível, a bateria desse novo Burgman não precisa ser recarregada. Um mecanismo de auto-recarregamento faz o trabalho enquanto você acelera ou desacelera e continua a fornecer energia, desde que haja hidrogênio no cilindro e oxigênio na atmosfera.

Após os 350 km de autonomia, será necessário reabastecer o pequeno cilindro de hidrogênio, o que leva cerca de cinco minutos, segundo a Intelligent Energy. Apesar da rapidez do processo, este ainda é um dos grandes entraves para a adoção de um veículo como o Burgman Fuell Cell em grandes centros urbanos: a falta de “postos de hidrogênio”.

A London Hydrogen Partnership (LHP), parceria da prefeitura londrina para a distribuição do gás, projeta que haverá seis ou mais dessas estações até 2012. O que seria suficiente para atender frotistas — em pequeno número — caso veículos com essa tecnologia fossem produzidos em grande escala, de acordo com Henri Winand, CEO da Intelligent Energy.

Entretanto, a Suzuki e a empresa inglesa projetam que, em cinco anos, o Burgman Fuel Cell e outros veículos com essa tecnologia passem a ser produzidos em massa. “Está amadurecendo a idéia entre os governos, fabricantes, companhias de gás e petróleo, e também entre os usuários que, em 2015, já estaremos rodando com veículos movidos a hidrogênio”, afirmou Winand.

Opinião reforçada por Kit Malthouse, vice-prefeito de policiamento de Londres e também presidente da LHP: “Esse scooter, que produz nada além de água, prova que podemos reduzir a emissão de gás carbônico e melhorar o ar que respiramos com veículos que já existem”.

Por Portal UOL

Editado Por Fabio Weslley

Novo Suzuki Burgman 400 modelo 2010

O novo modelo do maxi scooter Burgman 400 está muito mais sofisticado e apresenta o conforto de um carro de luxo, mas com a agilidade em duas rodas. Com inovações que o colocam a uma combinação de estilo, praticidade, conforto e desempenho, ajudam você a aproveitar ao máximo as possibilidades da vida moderna.

Possui um novo design dinâmico, mas agora com um apelo esportivo, sempre com a qualidade refinada da linha Burgman.

Com 400 cm³, seu motor reformulado oferece mais desempenho do motor monocilindro, quatro tempos, com quatro válvulas, DOHC, refrigeração líquida e apresenta ótima suavidade, fazendo da pilotagem um puro prazer.

Agora mais potente, ele oferece potência de 34 hp a 7.300 rpm, e torque são constantes em todas as faixas de rotação. Deste modo, quando o Burgman está esticando rapidamente entre o trânsito urbano ou deslizando nas rodovias, o piloto sempre encontra resposta imediata ao acelerar.

Conta ainda com um moderno sistema de injeção eletrônica de combustível que aperfeiçoa a alimentação do motor e garante maior economia de combustível, desempenho e proteção ao meio ambiente, devido ao novo sistema de exaustão.

O novo Burgman 400 também está equipado com o sistema PAIR, que realiza de modo eficiente à queima dos gases do escapamento, inibindo a emissão de poluentes na atmosfera, atendendo o limite de emissões de poluentes PROMOT 3.

Possui um sistema de Controle de Marcha Lenta (ISC) que regula o volume de ar, resultando em uma marcha lenta estável, melhorando também a partida à frio.

A roda dianteira aumentou para 14”, proporcionando um maior conforto, agora com duplo disco de freio com diâmetro de 260 mm de acionamento hidráulico e na roda traseira um disco de freio com diâmetro de 210 mm de acionamento hidráulico para uma frenagem segura e suave.

O tanque maior comporta 13,5 litros e permite que todos os benefícios oferecidos sejam aproveitados por vários quilômetros, com mais autonomia, sem paradas freqüentes para abastecimento.

Conforto e sofisticação são características registradas no Burgman 400, acentuadas em seu design com linhas minuciosamente projetadas. O banco largo e moderno está mais alto, 710 mm, e oferece encosto para o piloto, ajustável em cinco posições, de modo fácil, sem a necessidade de ferramentas.

Outro ponto que garante praticidade e conforto é a transmissão automática, característica da classe dos scooters, que dispensa o uso da embreagem e a troca de marchas.

A carenagem frontal concede ao Burgman 400 um porte ainda mais encorpado. O painel de fácil leitura é composto por velocímetro, tacômetro, hodômetros parciais, relógio, indicadores de temperatura ambiente, máximo consumo de combustível, nível de combustível e temperatura do líquido de arrefecimento.

Acima desse painel a bolha acrílica desempenha junto com a carenagem a função de proteger o piloto do vento e da chuva. Ainda na parte frontal do Burgman 400 há três opções de porta-luvas, sendo que o maior deles possui 10 litros de capacidade e trava com chave.

Sob o banco há um generoso porta-objetos com 62 litros de capacidade, suficiente para abrigar dois capacetes grandes e mais alguns objetos

Por Fabio Weslley

Categorias:400cc, Suzuki Tags:, , , ,

Suzuki lança versão Iron da GSR 600

O segmento das naked de média cilindrada no Brasil está cada vez mais aquecido e disputado, já temos diversos modelos e novos ainda virão. Enquanto a Yamaha XJ6 foi flagrada rodando pelo país, outras opções do exterior teriam sucesso garantido em terras canarinhas. Um exemplo disto é a Suzuki GSR 600, que acaba de receber uma edição especial no Velho Continente.

Recebendo o nome de Iron, a naked nipônica continua com a mesma base conhecida, porém, passou por algumas modificações estéticas. A pintura aplicada ao tanque passa um aspecto de alumínio e o assento possui dois tons, sendo que o material do qual feito absorve 60% menos de calor. Além disso, no tanque da máquina está presente o símbolo “Hyaku” (100, em japonês), referindo-se ao centenário da Suzuki.

A GSR 600 é impulsionada por um propulsor 4 cilindros em linha. Este 599 cm³ é capaz de gerar 98 cv de potência a 12 000 rpm. O preço sugerido para a naked na Europa é de 7.990 euros — equivalente a R$ 20.000 (cotação do dia).

Por Fabio Weslley

Categorias:600cc, Suzuki Tags:, , , ,

Suzuki lança versão 2010 da B-King Máquina segue com mesma base e conta com nova coloração

A “big-naked” da Suzuki acaba de ganhar um novo visual no exterior. Recebendo a coloração tradicional da marca japonesa, o azul com detalhes brancos, a B-King também passa a contar com rodas douradas, ao estilo dos anos 1970.

No restante, a máquina continua a mesma, com o poderoso motor tetra-cilíndrico de 1 300 cm³, capaz de gerar 183,6 cv de potência. Derivado do propulsor da Hayabusa, ele alcança até 14,8 kgfm de torque máximo

Por Fabio Weslley

Categorias:1300cc, Suzuki Tags:, , , ,